segunda-feira, 11 de março de 2013

Farinha subiu 130% em 12 meses e inflação ficou em 6%

Um dos principais acompanhamentos das refeições dos paraenses está ficando cada vez mais raro no prato. A farinha de mandioca já pode ser encontrada custando até R$ 8,00 o quilo. Em alta pelo 10º mês seguido, em fevereiro o reajuste foi de 12,71% e a alta acumulada já chega a 130% nos últimos 12 meses. Enquanto isso, a inflação do período ficou em apenas 6,77%. As informações são da última pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). O preço é um dos maiores já verificados na história das pesquisas da cesta básica no Pará.

O levantamento mostra ainda que o preço da farinha de mandioca tem oscilado ao longo do tempo, em função de vários fatores, entre os quais as situações de sazonalidade e também fatores ligados à comercialização.

O coordenador do Dieese, Roberto Sena, explica que, atualmente, a maioria da produção ainda é feita de forma artesanal e familiar. Por outro lado, a comercialização em grande parte em feiras e mercados municipais de todo o Pará não é feita pelos produtores, mas sim por atravessadores que, de fato, são quem ditam os preços. 'Este é um dos maiores problemas que envolvem a questão da comercialização do produto, pois entre o produtor e o consumidor final, o preço do quilo da farinha de mandioca mais do que dobra de preço, com isso, perde o produtor que não consegue um preço justo pelo produto e perde o consumidor que paga um preço abusivo pelo mesmo produto, como está acontecendo agora', esclarece.

Esta situação pode facilmente ser observada no novo estudo do Dieese. Nos últimos 12 meses, a alta foi quase generalizada no preço do produto, nas feiras e supermercados da grande Belém. Em fevereiro do ano passado, o quilo da farinha de mandioca foi comercializado, em média, a R$ 2,97. O produto encerrou o ano de 2012 a R$ 5,56.

O produto iniciou 2013 custando, em média, R$ 6,06 e, no mês passado (fevereiro de 2013) estava R$ 6,83. Com isso, o reajuste no preço do quilo da farinha de mandioca no mês passado ficou em 12,71%.

Nos dois primeiros meses de 2013 (janeiro e fevereiro), o produto apresentou uma alta acumulada de preço de 22,84%, contra uma inflação de 1,44%. Nos últimos 12 meses (março de 2012 a fevereiro de 2013), o reajuste acumulado alcançou cerca de 130%, contra uma inflação de 6,77%, calculada para o mesmo período.

As novas pesquisas efetuadas neste inicio do mês de março não mostraram queda no preço do produto. Em alguns locais, o quilo da mesma já superou os R$ 8,00.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Blog do Andrey Monteiro - Template desenvolvido por Sonic Artes