sábado, 19 de maio de 2012

DRCO prende chefe de quadrilha em SMG




Policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam por volta de 23 horas de ontem, em São Miguel do Guamá, Antônio Cézar Pinto de Lima, 33 anos, conhecido pelos apelidos de "Antônio do Bengui" ou "Molequinho". Ele é apontado como o líder de uma quadrilha de assaltantes de banco especializada na modalidade conhecida por "sapatinho".

Pelo menos três roubos nessa modalidade, registrados entre agosto do ano passado e março deste ano, no interior do Estado, foram comandados pelo acusado. Segundo o delegado Samuelson Igaki, titular da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), unidade vinculada à DRCO, Antônio Lima foi abordado pela equipe policial, em via pública, após sair de uma casa ao lado da namorada.

"Antônio do Bengui", como é mais conhecido por ter nascido e crescido nesse bairro de Belém, começou a vida criminosa em 2004, quando foi preso pela primeira vez por participação no assalto a um caminhão de distribuição de cigarros em Belém. Ele cumpriu três meses de prisão e foi liberado. Em 2006, ele novamente foi preso por assalto, passando mais três meses preso.

No ano de 2009, Antônio Lima foi preso outra vez, por participação em assalto a banco, na modalidade "sapatinho", aquela em que os bandidos fazem reféns familiares do funcionário de uma agência bancária para obrigá-lo a entregar o dinheiro no banco. Segundo Samuelson Igaki, o acusado é apontado como o líder dos assaltos a banco, registrados em agosto de 2011, em Santa Izabel do Pará, em dezembro de 2011, em Moju, e em março deste ano, em Salinópolis.

As investigações mostram ainda que ele integrava o bando de assaltantes, que era comandado pelo bandido conhecido por "Mano". Após a prisão do homem, que está recolhido no Sistema Penitenciário do Estado, ele passou a liderar a quadrilha. As investigações prosseguem para prender outros envolvidos no bando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Blog do Andrey Monteiro - Template desenvolvido por Sonic Artes